PRIMEIRA PÁSCOA - PLANO DE AULA (1ª AULA)

Publicado em 03 de Março de 2018 | Fonte: Editora Cristã Evangélica - Do Egito à Terra Prometida (11) | 5222 cliques


Ler: Êxodo 11 e 12

Versículo para DECORAR: "O Senhor é a minha força..." - Êxodo 15.2.

APLICAÇÃO: mostrar que vale a pena ficar do lado de Deus.

Introdução:

Deus queria libertar Seu povo da escravidão do Egito, mas Faraó não o libertava. Vimos que Deus enviou pragas para ao Egito para convencer Faraó, mas ele não mudava de idéia. (O ideal é ter dado recentemente uma aula sobre ae pragas do egito aí nesse momenro da aula você só recorda. Caso não tenha dado só comente sobre as pragas e diz que depois você dará uma aula sobrw o assunto. A Primeira praga - água se transformou em sangue; A Segunda praga era as rãs; A Terceira praga transformou pó da terra em piolhos; A Quarta praga eram moscas; A Quinta praga foi a pestes nos animais; A Sexta praga constituiu-se de úlceras; A Sétima praga foi a chuva de pedras; A Oirava praga foram os gafanhotos; A Nona praga que o sol escurecesse por três dias.

Então Deus mandou Moisés anunciar a 10º praga a Faraó. Será que dessa vez ele vai deixar o povo sair?

Desenvolvimento:

Moisés disse a Faraó que Deus enviaria um anjo para ferir os primogênitos dos egípcios. O filho mais velho de cada família seria morto, inclusive dos animais.

Antes que Deus enviasse a última praga ao Egito, ordenou a Seu povo que fizesse uma série de coisas: comer carne assada de cordeiro e pão, calçar as sandálias, ficar com o cajado nas mãos (era o bastão que os pastores usavam para conduzir as ovelhas), já vestido, pronto para viajar. Mas, porque será que Deus estava pedindo essas coisas? Porque Deus os tiraria do Egito.

Deus mandou, também, que as famílias de Israel colocassem o sangue do cordeiro nos portais das casas (lado de cima da porta), para que seus primogênitos não fossem mortos. Esse era o sinal para marcar as casas dos israelitas. Deus disse a Moisés: "Porque o Senhor passará para ferir os egípcios; quando vir, porém, o sangue na verga da porta... passará o Senhor aquela porta, e não permitirá ao destruidor que entre em vossa casas, para os ferir" ( Êxodo 12:23). O povo não poderia desobedecer a esta ordem, para que seus filhos não morressem.

Essa preparação para o povo sair do Egito, Deus chamou de Páscoa. E quando os israelitas entrassem na Terra Prometida, eles deveriam fazer uma festa para comemorar aquele dia. A qual foi a primeira Páscoa. Até hoje os israelitas comemoram a Páscoa. Nós também comemoramos a Páscoa, mas ela não tem nada a ver com coelhinhos ou chocolates, mas é para lembrar que Jesus morreu e derramou Seu sangue para nos salvar do pecado, e depois de três dias Jesus ressuscitou.

Depois que os israelitas fizeram tudo o que Deus mandou, Ele então enviou a última praga: a morte dos primogênitos. O senhor feriu todos os primogênitos do Egito. Os filhos dos israelitas não morreram por causa do sangue do cordeiro que havia na porta da casa deles.

Só depois da morte dos primeiros filhos de cada família, inclusive do filho de Faraó, que ele resolveu libertar o povo de Israel.

Conclusão

O sangue de um cordeiro, passado nas portas das casas, livrava da  morte o filho mais velho da família. Depois disso, a cada ano, o povo de Israel continuava comemorando essa festa chamada Páscoa.

Na festa da Páscoa, nós lembramos a morte de Jesus, que também derramou o Seu sangue para nos libertar do pecado, e também que Ele ressuscitou para nos dar uma nova vida. Você já aceitou a Jesus como seu Salvador? ( Professor, exponha o plano da salvação.)